MONITORAMENTO DE ASSASSINATOS TRANS – ABRIL 2018

MONITORAMENTO DE ASSASSINATOS

(ABRIL)

TOTAL = 10

01 – Elvira – 28 anos –  facadas – via pública – Maranguape – CE

02/04/2018

Travesti, com idade de 28 anos, com nome social de Elvira, foi morta a facadas no bairro Novo Maranguape, Região Metropolitana de Fortaleza. A vítima sofreu agressões com ponta pés e socos, antes de ser esfaqueada.

http://cnews.com.br/cnews/noticias/123962/travesti_e_morta_a_facadas_em_maranguape

 

 

02 – Andressa –  cabeleireira – a esclarecer – via pública – Macaé – RJ

03/04/2018

O corpo encontrado embaixo de uma Ponte da Barra de Macaé , ainda segue sem identificação. Os peritos do IML realizam o trabalho de papiloscopia para chegar a identidade. Ninhuém apareceu no IML para fazer o reconhecimento do corpo até o momento, nem se quer algum parente.

https://www.facebook.com/noticiasmacae/posts/2045483455777940

 

 

03 – Benjamin  – facadas – via pública – Teresina – PI

06/04/2018

Uma mulher identificada como Bianca de Jesus Sousa, socialmente conhecido como Benjamin, foi executada com duas facadas nas costas. O caso aconteceu na Vila Palitolândia, zona Sul de Teresina estado do Piaí.

http://portalpedroguimaraes.com.br/vizinho-mata-mulher-com-duas-facadas-ao-ser-denunciado-por-roubo/

 

 

04 – Alessandra – 46 anos –  residência – facadas e pedradas – Feira de Santana – BA

07/04/2018

Uma travesti foi morta com várias facadas dentro de sua  casa, no bairro Ponto Central, em Feira de Santana na Bahia, a polícia ainda não identificou o suspeito do crime e investiga a hipótese de latrocínio.

https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/travesti-e-morta-a-facadas-e-policia-suspeita-de-latrocinio-em-feira-de-santana.ghtml

 

 

05 – Millany Spencer – 23 anos – residência – asfixia – Nossa Senhora do Socorro – SE
14/04/2018

Com o corpo sendo encontrado apenas no domingo dia 15, a vítima de 23 anos foi encontrado pela sua própria mãe na casa em que ele morava em Nossa Senhora do Socorro (SE). Segundo a Polícia Militar, o corpo tinha marcas de espancamento e o suposto homicídio poderia ter ocorrido no sábado (14).

https://g1.globo.com/se/sergipe/noticia/jovem-e-encontrado-morto-dentro-de-casa-em-nossa-senhora-do-socorro.ghtml

 

 

06 – Nati da Silva – 30 anos – profissional do sexo – tiros – via pública – Lajeado – RS
20/04/2018

A Polícia Civil da cidade de Lajeado, no Vale do Taquari, investiga a morte de uma travesti, ocorrida na noite de sexta-feira A vítima foi identificada como Nati da Silva, de 30 anos, e foi atingida por um tiro nas costas.

https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/policia-civil-investiga-morte-de-travesti-em-lajeado.ghtml

 

 

07 – Nycoly Souza –  profissional do sexo – tiros – via pública – Governador Valadares – MG

22/04/2018

Uma Travesti foi assassinada com tiro no pescoço. O crime ocorreu na madrugada de hoje (22/04), no perímetro urbano da BR-116, próximo ao bairro Turmalina em Governador Valadares em Minas gerais.

https://homofobiamata.wordpress.com/category/2-estados/minas-gerais/

 

 

08 – Gabriely Fancciny –  facadas – residência – Porto Velho – RO

28/04/2018

Os amigos identificaram como Gabriely Fancciny um corpo que encontrado pela manhã em um apartamento de um prédio em Porto Velho.  O suspeito do crime é um homem com quem a vítima, possivelmente, mantinha um relacionamento.

https://www.rondoniagora.com/policia/identificado-homossexual-morto-a-facadas-em-porto-velho

 

 

09 – Raunna Silva –  tiros – via pública – Niterói – RJ

30/04/2018

A vítima foi baleada na entrada do morro, ela estava sozinha, quando passou um grupo de homens e atirou.

Perfil da vítima: https://www.facebook.com/profile.php?id=100022027692952

 

 

10 – Paulinha – Tiros –  Fortaleza – CE

30/04/2018

Uma travesti identificada apenas como Paulinha foi assassinada a tiros na Avenida Perimetral, no bairro Messejana. Segundo a Polícia, ela pode ter sido perseguida por alguns metros até ser alcançada na calçada de um estabelecimento.

http://tribunadoceara.uol.com.br/videos/barra-pesada/travesti-e-assassinada-a-tiros-na-avenida-perimetral-em-fortaleza/amp/

Deixe um comentário