MONITORAMENTO DE ASSASSINATOS TRANS – DEZEMBRO 2018

MONITORAMENTO DE ASSASSINATOS

 (DEZEMBRO)

PARCIAL = 12

TOTAL BRASIL = 150

 

01 – Karliane Vítoria – 21 anos  – profissional do sexo – tiros – via pública – Taguatinga Sul / DF
04/12/2018

Uma travesti foi assassinada na noite dessa terça-feira (4/12) em Taguatinga Sul. A vítima conhecida como Karliane Vítoria (21) de Porto Velho (RO), foi morta com um tiro de revólver calibre 22 nas costas. Uma testemunha viu o momento em que a travesti caminhava na quadra 10 do Setor G Sul e era seguida pelo acusado do crime. 

https://www.metropoles.com/distrito-federal/apos-programa-ciclista-executa-travesti-a-tiros-no-distrito-federal

 

02 – J. C. P. de Lima – 22 anos – espancamento – residência – Itanhaém / SP
05/12/2018
A vítima morava na zona rural de Itanhaém com seu companheiro e estava sumida desde o início de 2017. O suspeito foi encontrado em Campinas (SP) numa clínica de dependentes químicos, e assumiu o crime.
03 – Jéssica Dimy – 23 anos – profis. do sexo – asfixia e queimadura – motel – São Gonçalo / RJ
07/12/2018

pós quase cinco meses de sofrer um ataque transfóbico e ter 50% do corpo queimado, a travesti Jéssica Dimy morreu na última quinta-feira (7/12), aos 23 anos. De acordo com o Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, Rio de Janeiro, ela teve uma parada cardíaca.

Jéssica trabalhava como profissional do sexo e foi violentada por um cliente. Fábio Barreto da Silva, de 23 anos, a asfixiou e ateou fogo no quarto e no lençol em que a vítima estava, trancando a porta.

http://www.midia1508.org/2018/12/10/jessica-dimy-travesti-que-teve-50-do-seu-corpo-queimado-morre-no-rio-de-janeiro/

04 – Victória Landeiro – 20 anos – profissional do sexo – tiros – órgão público – Rondonópolis / MT
09/12/2018
Uma transexual foi assassinada a tiros na madrugada deste domingo (9) em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a vítima, Victória Landeiro, de 20 anos, trabalhava em um ponto de prostituição quando foi morta por um suposto cliente. O crime ocorreu às 2h no Bairro Novo Horizonte, nos fundos do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).
05 – Scarlett – 33 anos  – profissional do sexo – espancamento e facadas – via pública – Londrina / PR
10/12/2018
Uma travesti foi morta após ser agredida e esfaqueada na Avenida Leste Oeste, no Centro de Londrina, no norte do Paraná, na madrugada desta segunda-feira (10). Um homem suspeito do crime foi preso.
06 – Não identificada – Travesti    – praia – São vicente / SP
11/12/2018

 

07 – Nome não identificado    – espancamento  – matagal – Parnamirim / RN

12/12/2018
Uma travesti foi encontrada morta com uma faca em punho e marcas de espancamento no corpo em um matagal em Parnamirim, Grande Natal, nesta quarta-feira (12). A vítima não identificada entrou para uma das maiores estatísticas de violência
08 – Valquiria    – facadas  – 47 anos – dentro de casa – Imperatriz / MA
17/12/2018
Uma travesti de 47 anos e o companheiro, identificado como Gabriel de 19 anos, foram mortos dentro de uma quitinete no Parque das Estrelas, na cidade de Imperatriz, nesta segunda-feira (17). Uma pessoa foi presa suspeita do duplo homicídio.
09 – Marcinha Rodrigues – 29 anos  – estrangulamento   – milharal – camapuã / MS
21/12/2018

A Polícia Civil já identificou o corpo da transexual, encontrada com sinais de estrangulamento no final da manhã desta sexta-feira (21), em Camapuã, a 140 km de Campo Grande.

O nome da vítima é M. R e ela foi localizada em um milharal, atrás de uma construção abandonada. Por estar sem documentos, a idade dela ainda não foi revelada. Amigos da vítima lamentaram a morte  nas redes sociais.

https://www.midiamax.com.br/sem-categoria/2018/travesti-e-deixada-em-matagal-apos-ser-esganada-e-morta-por-jovem-de-18-anos/

10 – Nicolly Banks – 26 anos  – tiro   – rua – Uberlândia / MG
28/12/2018

Uma travesti identificada como Nicolly Banks, de 26 anos, foi assassinada na manhã desta sexta-feira (28) no Bairro Laranjeiras, em Uberlândia.

Segundo as primeiras informações da Polícia Militar (PM), a vítima foi executada com onze tiros. O crime ocorreu por volta das 8h20 na Rua Liopino Lourenço de Araújo. Os militares acionaram a perícia da Polícia Civil e o local foi isolado.

https://g1.globo.com/mg/triangulo-mineiro/noticia/2018/12/28/travesti-e-executada-no-bairro-laranjeiras-em-uberlandia.ghtml?fbclid=IwAR2bTjaJXJyMckGTDGbLK2iu7098WzKMlLYpBmBRxf0ZtgprI-11KzuSlBA

11 – Rogéria Paiva – travesti – 46 anos  – tiro   – Maracanaú / CE
29/12/2018
Uma travesti foi assassinada a tiros na noite deste sábado (29) na Rua Carvalho Nogueira, no município de Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo com informações da delegacia da área, Rogéria Paiva, 46 anos, era líder comunitária e havia entrado em conflito com membros de uma facção criminosa que atua na área. Ninguém foi preso.
12 – E. Santos – travesti  – facadas – dentro de casa  – Taperoá/ BA
31/12/2018

Uma travesti foi morta dentro da casa onde morava, na cidade de Taperoá, baixo sul da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu na última segunda-feira (31), e a vítima, Edson Santos Vidal, era professora da rede municipal de ensino. Até esta quarta-feira (2), ninguém havia sido preso.

https://g1.globo.com/ba/bahia/noticia/2019/01/02/professora-municipal-travesti-e-morta-dentro-de-casa-no-baixo-sul-da-bahia.ghtml

Deixe um comentário