Programação V Semana da Visibilidade Trans “Hanna Suzart” – Rede Trans Brasil

29 de janeiro é o Dia Nacional da Visibilidade de Transexuais e Travestis. A data foi criada pela militante Trans Hanna Suzart  através da identificação do movimento que em 2004 diante a ocupação oficial pela primeira vez de militantes da nossa comunidade no Congresso Nacional, ocasião do lançamento da campanha nacional “Travesti e respeito: já está na hora dos dois serem vistos juntos. Em casa. Na boate. Na escola. No trabalho. Na vida”, em Brasília, conferindo à data um sentido político de luta pela igualdade e respeito em parceria com o Programa Nacional de IST/AIDS do Ministério da Saúde.

Visto o atual cenário e ataques a vida de pessoas trans através da deturpação da nossa condição na adolescência causada pela falsa Ideologia de Gênero, visando discutir as violações de diretos da população trans e o compromisso da sociedade brasileira como um todo na minimização deste quadro.

Neste sentido estamos apresentando nossa ação coletiva da V Semana da Visibilidade Trans  “Hanna Suzart'” que será realizada dia 29 de Janeiro à 01 de Fevereiro de 2019.

Iniciaremos dia 29 e 30 de Janeiro  com a ação integrada entre entidades locais filiadas  e entrega simultânea do dossiê 2018 em audiência com vários gestores públicos em diversas capitais brasileiras, através da participação de diversas representações da Rede Trans Brasil nos estados militantes de nossas filiadas locais com acumulo e vivências nas demandas na área de violações dos direitos humanos,  reforçando nosso compromisso com a política dos Direitos Humanos e combate à discriminação e a Transfobia.

O lançamento simultâneo acontecera em varias cidades lançando o dossiê porém priorizando a produção de relatórios locais aproveitando os recortes e proposições para pontua-los e apresentar sua reivindicação de forma mais direccionada , já está marcado audiências com agentes da gestão pública e legislativo nas cidades onde destacamos as confirmadas nas cidades de Porto Alegre, Maceio ,Fortaleza, Belém , Goiânia, Aracaju ,etc.

 

Já no dia 31 e 01, a capital federal receberá militantes que em 2018 estiveram na equipe de trabalho tanto no monitoramento quanto no de organização dos eventos de base, construindo assim um documento representativo com propostas das nossas bases que junto aos parceiros Conselho Federal de Psicologia (CFP) e Organização das Nações Unidas (ONU) promoveremos além do lançamento, o debate do dossiê, suas análises e recortes, além da riqueza de proposições levantadas de dezembro de 2017 a dezembro de 2018 nos encontros organizados pela nossa Rede por meio dos representantes filiados dos 26 estados e distrito federal.

ABAIXO PROGRAMAÇÃO COMPLETA. CONFIRA:

Deixe um comentário