Dossiê 2018 – Diálogos Sobre Viver Trans

A Rede Nacional de Pessoas Trans do Brasil (REDETRANS Brasil) realizou hoje várias audiências públicas simultâneas, em diversas capitais do Brasil através das entidades filiadas para entrega do Dossiê 2018 da Rede Trans Brasil e os anexos das entidades  locais com documento de análise e cobrança de políticas públicas locais.

Nessa edição de “Diálogos Sobre Viver Trans – Monitoramento: Assassinatos e Violação de Direitos Humanos de Pessoas Trans no Brasil – Dossiê, 2018”, apresentamos dados de homicídios motivados por ódio a pessoas trans, com números retratados por regiões brasileiras, estados e cidades, bem como a identidade de gênero das vítimas, a idade, o recorte raça/cor, a profissão, os locais dos assassinatos e causas das mortes.

Nossa intenção na análise e discussão dos dados é fornecer indicadores, diante da ausência de políticas públicas efetivas para a população trans no Brasil. Cada número e cada travesti, mulher trans, homem trans, não-binária atingida pela violência transfóbica é motivo da nossa indignação e tristeza, pelas atrocidades e requintes de crueldades que atingem quase que diariamente essas pessoas.

Oferecemos ainda uma série de reflexões que intitulamos como Diálogos Sobre Viver Trans para ampliar e qualificar debates sobre pessoas trans no Brasil.

 

Veja o arquivo completo clicando abaixo:

Dossiê Rede Trans Brasil 2018 – Português

 

Veja também em Inglês / See also in English:

Dossier 2018 – English

 

Veja também em Espanhol / Ver también en Español:

Dosier 2018 – Español

Deixe um comentário