Dossiê da Rede Trans Brasil é apresentado em diversas cidades do Brasil.

Em diversas capitais brasileiras o Dossiê da Rede Trans Brasil foi apresentado a autoridades, e  junto a ele as reivindicações de nossas filiadas locais. 

Em Fortaleza o dossiê foi entregue e apresentado na Secretaria da Proteção Social, Justiça, mulheres e direitos humanos do Estado do Ceará, também  priorizaram o legislativo realizando audiência junto  ao vice-presidente da comissão de direitos humanos da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará o Deputado Renato Roseno.   

 

Já em Goiânia no auditório do Núcleo de atendimento do Fórum de Transexuais de Goiás e ASTRAL-G0 foi entregue o Dossiê em audiência única para o senhor João Bosco Superintendente Estadual de Direitos Humanos de Goiás, Victor Hipólito Assessor Executivo da Secretaria Municipal de Direitos Humanos de Goiânia, Dra. Fernanda Fernandes- do Núcleo de Direitos Humanos da Defensoria pública de Goiás e Chyntia Barcelos da O.A.B. (GO).

 

Em Aracaju  membros da ASTRA em audiência junto ao Sr. Cristiano Barreto Guimarães Secretário de justiça e cidadania do governo de Sergipe , para protocolar a entrega do Dossiê realizado pela Rede Trans Brasil, e discutir  o monitoramento dos casos de assassinatos de todo o país, além do relatório  ASTRA com os casos catalogados do Estado de Sergipe, vale ressaltar que Sergipe se destacou como um dos Estados mais violentos com a população Trans, ficando em 2º lugar do País e o 1º do Nordeste em relação aos assassinatos relativos à população de cada Estado. Já no período da tarde a mesma linha de diálogo e protocolos ocorreu junto ao coronel José Pereira de Andrade superintendente executivo da secretaria de segurança do governo de Sergipe.

 

Na capital Alagoana a secretária de Estado da Mulher e dos Direitos Humanos, Maria Silva, e o superintendente de Políticas para os Direitos Humanos e a Igualdade Racial, Mirabel Alves, receberam, a fim de acompanhar e atuar em favor da população de Transexuais e Travestis do Estado, assim como todo segmento LGBT, a secretária Geral da Rede Trans Brasil, Jade Soares, discutiu o pacto entre o órgão e a secretaria para direitos humanos à população LGBT no Estado. As representantes também entregaram um dossiê com dados, pesquisas e casos de homicídios por Transfobia no país.

 

Em Curitiba A Assessoria de Direitos Humanos da Prefeitura de Curitiba recebeu relatório foi entregue ao assessor municipal de Políticas de Diversidade Sexual, Allan Johan, pela diretora do Grupo Dignidade, Rafaelly Wiest, no Salão Nobre da Prefeitura.

 

Em Belém do Pará a Rede Paraense de Pessoas Trans  realizou a apresentação e entrega do Dossiê 2018: “Diálogos SOBRE VIVER TRANS”  para representantes de várias  Secretarias do Estado do Pará, entre elas: Secretaria de Estado de Administração (Sead); Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop); Observatório Internacional da Democracia Participativa (Oidp); Secretaria de Esporte e Lazer (Seel); Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos (Sddh); Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster); Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa); Ordem dos Advogados do Brasil (OAB); Funpapa e Guarda Municipal e a representante do escritório da ONU em Belém, o objetivo foi mostrar a nova gestão o que pode ser feito para a melhoria de vida das pessoas trans, bem como, garantir o acesso as políticas públicas para essa população. Para quê dessa forma possamos minimizar os casos de violência e negação de direitos enfrentados por pessoas trans e travestis no Pará.

 

No Rio Grande do Norte a governadora Fatima Bezerra recebeu oficialmente o nosso documento e as reivindicações locais da Atransparencia, e a discussão de políticas públicas que estão disponíveis no caderno de proposta em anexo.

 

.Até o fechamento desta matéria  em Aracaju um debate finalizou com a Astral, Astra e Associação LGBT de Simão Dias entregando o dossiê a comissão de direitos humanos da assembleia legislativa de Sergipe e câmara de Aracaju através da deputada Ana Lucia e do vereador Elber Batalha Filho.

BAIXE O NOSSO DOSSIÊ NESTE LINK

Dossiê-Rede-Trans-Brasil-2018-Português

1 comentário em “Dossiê da Rede Trans Brasil é apresentado em diversas cidades do Brasil.”

Deixe um comentário