Solidariedade é o tom entre as filiadas da Rede Trans Brasil

Em todas regiões do país a solidariedade e a ajuda a nossa população Trans tomam forma em excelentes e criativas campanhas, sendo elas:

  1. A Igualdade (Associação de Travestis e Transexuais do Rio Grande do Sul) está arrecadando desde a segunda quinzena de março, cestas básicas para doar a população trans e travesti de Porto Alegre e região Metropolitana, o trabalho de coleta e entrega é voluntário, já foram arrecadas 150 cestas, Marcelly Malta vice-presidente da Rede Trans e coordenadora do Rio Grande do Sul, relatou que 96% das trans e travestis que buscaram a ajuda trabalham como profissionais do sexo, e em razão da pandemia do coronavírus, a renda das profissionais caiu drasticamente. “Os pedidos de ajuda chegam de todas as regiões do Estado” relata, a demanda se aproxima de 300 pedidos e as doações podem ser entregues na Casa Fonte Colombo, da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos do Rio Grande do Sul, que fica no bairro Floresta, na Zona Norte da Capital, são os pontos de coleta e entrega.
  2. No Rio Grande do Norte, neste domingo a Atransparencia chegou a 100ª cesta básica, prioritariamente para pessoas Travestis e Transexuais, “Foram entregues também a pessoas LGB em situação de vulnerabilidade social e aos país dessas pessoas” relatou Rebeca de França presidente da entidade Potiguar, a mesma preparou um mapa com distribuição por bairro e cidade da zona metropolitana da capital.
  3. A Astra através da campanha “ACódi LGBT”, recebeu a doação de 80 cestas básicas, “Destas 67 foram doadas a pessoas Trans entre essas 61 mulheres trans em sua maioria profissionais do sexo, maiores impactadas com isolamento social” relatou Tathiane Araújo presidente da Rede Trans que coordena a campanha em Aracaju, além da arrecadação a Astra disponibilizou a equipe do seu projeto para intervenções de campo com entrega de lanche disponibilizado em parceria com a casa noturna Macaw, kit de higienização e disponibilidade de captação de contato para realização de cadastramento no programa de auxílio emergencial do governo tanto para o simples cadastro como na resolução de problemas com CPF dentre outros.

    A Astra continua a arrecadação para o retorno dos 80 primeiros beneficiados através dos dados bancários:

    Banco: Banese

    Agência: 047 C/C. 03/101.256-2

    CNPJ: 04.850.745/0001-09

    Ou no Link da campanha de financiamento:

    https://benfeitoria.com/acodi-lgbt-ekc

  4. Em Goiás cestas básicas e kits de higiene pessoal beneficiaram pessoas transexuais e travestis através de parceria da Astral e Fórum de Transexuais e o projeto UFG Solidária, “Agradecemos a imprescindível articulação da Professora Sheila Araújo Teles” relata a Psicóloga Beth Fernandes, Coordenadora de Educação da Rede Trans Brasil e da campanha de doação em Goiânia, além de beneficiários de Goiânia cidades distantes como Itumbiara também teve lideranças contatadas e beneficiadas.
  5. No Paraná a campanha “Toda vida importa” agrega as instituições Transgrupo Marcela Prado e Grupo Esperança, além de diversos coletivos e ativistas autônomos. Estabeleceram uma campanha para que as doações sejam feitas diretamente na conta do minimercado, visando fortalecer o comércio local, e o recebimento organizado de cestas básicas, que estão sendo doadas em Curitiba e Região Metropolitana.

    Valor R$ 50,00 com 12 itens

    Para doar as cestas básicas:

    Maxbier Minimercado LTDA

    Banco Itaú

    AG 3701

    C.C: 12469-9

    CNPJ:05862765/0001-54

    Enviar comprovante para: (41) 99658-8612

  6. No Rio de Janeiro a filiada Conexão G promove Campanha em torno das demandas da população LGBT das 16 favelas da Maré. Especificamente a população trans, que se encontra em extrema vulnerabilidade, além de ponto de coleta das doações de cestas básicas de alimentos e kits de material de limpeza no endereço: Sargento Silva Nunes, 1012 – Complexo da Maré, também disponibilizaram através de deposito de valor em real para conta:

    Banco do Brasil

    AG: 1517-2

    C/C: 26.475-X

    Grupo Conexão G de Cidadania LGBT de Favelas.

    CNPJ: 15.829.595/0001-60

     

 

Entre as filiadas estão encampando ou participando de alguma ação beneficente social:

Grupo Comocil – RO, Astra – SE, Igualdade – RS, Atransparencia – RN, Atrato – TO, Astral – GO, Estela Guia – SC, Dignidade – PR, GPTRANS – PI, Grupo Conexão G – RJ, Transgrupo Marcela Prado – PR, Grupo Esperança – PR, estas instituições são filiadas e estão arrecadando e doando cestas básicas e/ou kits de higiene para beneficiar pessoas Travestis e Transexuais.

Abaixo o vídeo da companheira Bianca Machiori presidenta da Associação de Pessoas Trans do Tocantins – ATRATO e coordenadora da campanha no Tocantins:

Deixe um comentário