Escritório de advocacia de Porto Alegre junta-se ao Oportunizar incentivando o retorno da população trans aos estudos

O escritório de advocacia Galvão Advogados Associados encontrou no projeto Oportunizar o parceiro ideal para implantar sua política interna de inclusão de pessoas trans em seu quadro de funcionários. Em contato com Diego Cândido, da Comissão da Diversidade Sexual e Gênero da OAB/RS, os sócios do escritório tomaram conhecimento do projeto de empregabilidade executado pela Rede Trans Brasil. No dia 28 de março, uma reunião virtual foi realizada entre a representante do Oportunizar no Rio Grande do Sul, Ana Paula Sander, e os sócios do escritório, Fábio Portal, Luciano Lima de Camargo e Camila Galvão, além de Diego Cândido.

Na reunião on-line, os sócios relataram a dificuldade que sempre tiveram em ter contato com o público trans para inserir em sua equipe de profissionais. Ana Paula mencionou a realidade de baixa escolaridade de grande parte da população trans, que sempre a afasta do mercado de trabalho. Ela também chamou atenção para o nível de escolaridade exigido como requisito para as vagas de emprego, que, na maioria das vezes, torna-se o maior obstáculo para a pessoa trans.

O escritório se mostrou sensível à vulnerabilidade social desse público e se comprometeu em criar uma dinâmica de incentivo ao retorno aos estudos. Os sócios pretendem reduzir o requisito de escolaridade para facilitar a contratação e, depois, criar estímulos para que a pessoa, já empregada, volte à sala de aula. Ao final da reunião, o escritório formalizou a parceria com o Oportunizar, comprometendo-se em divulgar vagas de emprego para pessoas trans, assim que estiverem disponíveis.

Deixe um comentário