Oportunizar: Audiência pública sobre empregabilidade trans acontece na Assembleia Legislativa do Espírito Santo no próximo dia 20

A vulnerabilidade social e a empregabilidade de pessoas trans e travestis serão temas da audiência pública que acontecerá na Assembleia Legislativa do Espírito Santo, no dia 20 de abril. Convocada pela deputada estadual Iriny Lopes, a audiência havia sido marcada para o dia 13, mas, por questões de agenda interna da Assembleia, foi remarcada para esta quarta-feira – e será transmitida pelos canais de TV e do YouTube da casa.

Em dezembro do ano passado, Iriny reuniu-se com a coordenadora do Oportunizar, Tathiane Araujo, e se comprometeu em levar as pautas do projeto ao poder público. Em março, a representante do Oportunizar no Espírito Santo, Liliane Caldeira, reuniu-se com os assessores da deputada, Fabio Veiga e Fabiana Rocha, para alinhar detalhes da realização da audiência.

Participarão do evento a representante da Associação GOLD, Deborah Sabará e a ativista Barbarah Brasil. Órgãos do poder público que podem assumir compromissos com a população trans, como o Ministério Público Estadual e secretarias estaduais de Educação, Direitos Humanos e Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social, foram convidados a participar da audiência. O objetivo é sensibilizar o poder público e apresentar ao governador Renato Casagrande um projeto de lei de reintegração social, aos moldes do Transcidadania – criado pela prefeitura de São Paulo em 2008.

Deixe um comentário