MONITORAMENTO DE ASSASSINATOS TRANS – JANEIRO 2019

MONITORAMENTO DE ASSASSINATOS (JANEIRO) TOTAL MÊS = 06 TOTAL ANO = 06   01 – Mikinho – Travesti –  Tiro – Residência – Lajeado – RS 01/01/2019 Uma travesti foi morta no Bairro Santo Antônio, em Lajeado. O crime aconteceu por volta da 5h desta terça-feira (01), no Condomínio Novo Tempo II. De acordo com registro, …

Ler mais…MONITORAMENTO DE ASSASSINATOS TRANS – JANEIRO 2019

NOTA DE REPÚDIO DA REDE TRANS BRASIL SOBRE PROJETO DE PROIBIÇÃO DE NOME SOCIAL NO ENSINO BÁSICO

NOTA DE REPÚDIO Vimos através de o presente repudiar projeto que tramita na Câmara dos Deputados de Decreto Legislativo 898/18, do deputado Professor Victório Galli (PSL-MT), que susta a Resolução 33/18 do Ministério da Educação e busca impedir o uso do nome social por alunxs travestis e transexuais nos registros escolares do ensino básico. Conforme …

Ler mais…NOTA DE REPÚDIO DA REDE TRANS BRASIL SOBRE PROJETO DE PROIBIÇÃO DE NOME SOCIAL NO ENSINO BÁSICO

Ceará permite mudança de gênero em cartório sem ordem judicial: ‘Novo começo pra alcançar a cidadania’

Ceará agora permite mudança de gênero no registro civil sem autorização judicial. A Corregedoria-Geral da Justiça do Estado do Ceará publicou no Diário da Justiça o provimento 9 de 2018, que regulamenta a norma, nesta segunda-feira (7). Com a autorização, pessoas trans podem mudar o nome de registro sem a necessidade de autorização judicial e …

Ler mais…Ceará permite mudança de gênero em cartório sem ordem judicial: ‘Novo começo pra alcançar a cidadania’

Rede Trans aponta que a cada 2 dias uma pessoa trans é assassinada no Brasil.

Na proposta de reformulação do site elaborado nas atividades da semana da Visibilidade Trans em 2018, estamos reativando o monitoramento de casos de assassinatos de pessoas trans no Brasil. A Rede Trans Brasil foi pioneira nesse trabalho, iniciando a contagem em 2016 após membros da sua diretoria reunirem-se no fórum social mundial em Porto Alegre …

Ler mais…Rede Trans aponta que a cada 2 dias uma pessoa trans é assassinada no Brasil.